Bem-vindo

Venha e junte-se a nós

  • Simples para publicar
  • Rápido feedback
  • Compartilhe com o mundo
/

Ou logue usando:

Esqueceu a Senha?

Capítulos (1 de 24) 01 Aug, 2020

Capítulo 5 - Propagação

 Na madrugada de domingo, Davi acordou no meio de um pesadelo, havia fogo, mas ele não podia sentir o calor, ao contrário, tudo era frio, e estático, mas a garganta dele ardia como se tivesse passado horas gritando. Cambaleando, o rapaz se levantou e foi à cozinha, pegou um copo de água com mãos tremulantes e tentou beber em vão pois começou a tremer ainda mais e soluçar em prantos silenciosos.

 O porquê? Ele não sabia, ou talvez soubesse lá no fundo e se recusasse a reconhecer que talvez seus pesadelos não fossem apenas isso. Voltando para seu quarto, Davi sentou-se na sua cama olhando fixamente para a janela até os primeiros raios de sol despontarem sobre os prédios. Apesar de tentar refletir sobre o que tudo aquilo que o remoía podia significar, quanto mais pensava mais o ruído atrás de sua cabeça o fazia perder o foco, quando sentiu que estava próximo da revelação sua mente se fechou e ele caiu.

                                                                 ***

 Acordou tranquilo, mente vazia de lembranças que não fossem seus amigos, e seus livros.

 - Esse ano somos três! Morgana, Pedro e eu...

 - E eu? É assim, você não liga pra mim, não se importa comigo...

 - Para de drama Lucas! E onde você se meteu que não deu as caras o dia inteiro?

 - Eu estava tirando férias de você.

 - Como eu estava dizendo, Morgana, Pedro e eu, que aconteço de ser eu e você, o que importa é que a minha equipe de desgarrados parece estar se formando.

 - Eu não acho que a Morgana vai aceitar o Pedro tão cedo.

 - Ela vai, se eu pedir com jeitinho.

 - Nossa, humilde, gostei.

 - Falando nisso eu vou ligar para ela agora, vaza.

 - Ah claro, como se isso fosse me impedir de ouvir a conversa, bestão.

 - Já aprontou alguma hoje? – Davi disse assim que Morgana atendeu à ligação sem nem dar tempo a ela de dizer um oi. Ele pôde 

_________________________________________________

                                                              -  43 -

-

-

ouvir um risinho abafado do outro lado da linha, o que indicava que ela não tinha se importado com a pergunta repentina.

 Já era fim de tarde no domingo, e Davi que mal havia acordado não havia percebido que já anoitecia.

 - Engraçadinho – Morgana respondeu ainda rindo, e depois com uma entonação de quem fora insultada completou -, falando assim até parece que eu vivo aprontando!

 Davi conseguia quase visualizar o sorriso matreiro e infantil da amiga e ficou feliz que ela estava de bom humor.

 - Não vai me contar? – Davi continuou a provocação.

 - Talvez... – o tom provocativo que Morgana sempre usava para fazer com que Davi ficasse preso à conversa era evidente, mas Davi não se importava, era um jogo inofensivo –, se você se comportar direitinho.

 Davi sabia que Morgana provavelmente estaria no quarto dela, e conseguia até imaginar como seria o lugar, uma cama grande com certeza, uma estante de livros, um computador, por algum motivo ele imaginava as paredes rosa, mas Morgana detesta rosa, ou talvez não.

- Então... – Davi limpou a garganta se sentindo embaraçado por alguma razão –, eu pensei que a gente podia ir nos jogos amanhã, sabe, absorver conhecimentos, criticar construtivamente outras pessoas, comer uma pipoca, eu adoraria ter sua companhia... Para rir, sabe, e... discutir qualquer assunto aleatório.

 - Hmm alguém tá querendo marcar um encontro é?

 - CalabocaLucasseuimbecil!

 - Nossa, não tá aqui quem pensou, bruto.

 - Deixe-me olhar na minha agenda. Será que eu tenho horário livre... – Morgana falou, e Davi ouviu um barulho como páginas sendo folheadas, ela tá mesmo olhando a agenda?

 - Não vai dar, eu já tenho um compromisso – a resposta da amiga fez Davi murchar, os alunos não eram obrigados a comparecer aos jogos, mas Davi tinha certeza que Morgana ia com ele, como no ano passado, mas se ela tinha um compromisso... 

_________________________________________________

                                                              -  44  -

Compartilhar: